Nutrição no climatério

O climatério representa a fase de transição da mulher, do período reprodutivo para o não reprodutivo, que se inicia aos 40 anos e termina por volta dos 65. Ele é dividido em três fases: a pré-menopausa, perimenopausa e pós-menopausa. Durante essa transição, o corpo feminino passa por uma série de mudanças biológicas e endócrinas que causam certos desconfortos para a mulher, afetando sua qualidade de vida e o bem-estar.

As principais disfunções que podem ocorrer nessa fase da vida são:

 

  • Osteoporose, devido a desmineralização óssea pela queda hormonal.
  • Alterações de colesterol, que podem levar à doenças cardiovasculares.
  • Perda de massa muscular e aumento da massa gorda, resultando em sarcopenia.
  • Ganho de peso e obesidade.

Assim como muitos aspectos da vida humana, a nutrição está diretamente relacionada ao climatério. A alimentação pode atenuar ou intensificar os sintomas e as doenças que ocorrem durante este período. Com algumas mudanças simples nos hábitos alimentares, a mulher consegue garantir, no climatério, maior qualidade de vida e bem-estar para si.

O primeiro passo, quando se inicia o climatério, é reforçar as doses diárias de vitaminas e minerais e, acima de tudo, proteínas. Procure um nutricionista e faça acompanhamento nutricional para saber quais são suas reais necessidades de nutrientes e quais as melhores fontes de proteína. Caso a ingestão não seja suficiente, o profissional pode recomendar o uso de suplementação hiperproteica que irá auxiliar na manutenção da massa magra e prevenção do desenvolvimento da sarcopenia…

Inclua na sua alimentação fontes de cálcio e vitamina K, esses nutrientes participam do metabolismo ósseo e podem atenuar o processo de desmineralização óssea. Você consegue encontrar o cálcio em leites e derivados, couve, brócolis, amêndoas… e a vitamina K está presente em uma infinidade de vegetais, principalmente os verdes escuros…

Não se esquece de tomar sol na parte da manhã! O sol é essencial para a produção de vitamina D, que também é um colaborador do metabolismo ósseo!

Consuma fontes seguras e saudáveis de gorduras, como abacate, oleaginosas, frutos do mar, azeite. Esses são alimentos que contém gorduras boas, como o ômega-3, que auxilia na regulação do perfil lipídico, assim as alterações do colesterol estarão controladas, garantindo uma boa saúde cardiovascular.

Por fim, faça atividades físicas! O corpo necessita estar sempre em movimento. A atividade física garante maior mobilidade, reduz os riscos de obesidade e doenças crônicas e gera bem-estar.

A Humalin preza pela saúde da população, por isso criamos uma linha específica para o público sênior, que conta com mais de 13 produtos, um deles é o QualiSênior que auxilia na recuperação da massa magra (sarcopenia) e potencializa a vitalidade e saúde osteoarticular, pelo colágeno e excelente relação Calcio, Magnésio e Vit D.

 

Para adquirir Humalin QualiSênior acesse :

 

Comments are closed.