Licopeno na prevenção do câncer de próstata

O câncer de próstata tem sido nomeado o segundo tipo de câncer mais frequente entre os homens e a segunda maior causa de morte no Brasil, representando em 2018, cerca de 68 mil casos. Isso equivale a aproximadamente 32% de todos os novos casos de câncer e a 13,5% da mortalidade no país.

Há alguns anos, cientistas iniciaram pesquisas que tinham o objetivo de descobrir compostos alimentares que seriam capazes de prevenir ou amenizar a incidência de câncer de próstata. Com isso, muitos estudos recentes abordam o licopeno, e seu poder antioxidante, como um importante aliado na luta contra o câncer de próstata.

O licopeno é um carotenoide, tipo pigmento, encontrado na natureza, que é responsável pela coloração vermelho-alaranjada de frutas, verduras e legumes. É um nutriente sintetizado apenas por plantas e microrganismo, ou seja, o corpo humano não consegue produzir, portanto sua ingestão é fundamental. Ele pode ser encontrado no tomate, goiaba vermelha, melancia, mamão e pitanga, além de vegetais verde escuros. Está presente em maior quantidade na casca desses alimentos e de preferência com seu amadurecimento considerável.

Os estudos indicam que o licopeno age como potente agente antioxidante, prevenindo a oxidação das células e as mutações gênicas, além disso, exerce efeitos no aumento da sobrevida de pacientes com câncer, inibi o crescimento tumoral e as metástases, estimula a morte e reduz a proliferação de células tumorais e possui ação anti-inflamatória.

Para obter os benefícios oferecidos pelo licopeno, basta manter uma boa alimentação, baseada principalmente em frutas, verduras e legumes, com muita abundância e variedade.

 

Comments are closed.