A importância do colágeno no processo de cicatrização

O colágeno é muito conhecido atualmente pelos seus efeitos em relação a estética (garantindo a beleza de cabelos, e firmeza da unhas e pele) , e à saúde muscular e osteoarticular (como principal componente dos tendões e ligamentos e importante constituinte da massa seca muscular), ou seja, é responsável por unir, nutrir, proteger e sustentar os tecidos.

Mas você sabia que podemos e devemos utilizar o colágeno e nutriente específicos no processo de cicatrização?

A cicatrização de feridas e cortes é um processo que envolve uma série de eventos celulares que promovem a reconstituição e renovação do tecido cutâneo. Durante este processo, um componente em especial se destaca o famoso colágeno.

O colágeno é uma proteína fibrosa, presente em todas as células de origem animal, que constitui cerca de 30% das proteínas do corpo e 6% do peso corporal secoe até 75% da massa seca da derme (pele).

Além de ser a proteína mais abundante do corpo humano, o colágeno também está presente no tecido conectivo em fase de cicatrização e é o principal componente da matriz extracelular dos tecidos, o que significa que se não houver a quantidade de colágeno necessária disponível no organismo, o processo de cicatrização não ocorrerá conforme desejado…

O colágeno é produzido naturalmente pelo organismo, porém com o avançar da idade essa produção vai diminuindo, tornando a alimentação a fonte mais adequada de obtenção de colágeno.  No entanto, para melhor absorção o colágeno oriundo de fonte alimentar deve ser hidrolisado (processamento industrial para diminuição do pelo molecular da proteína).

OMS (Organização Mundial da Saúde) – recomenda o consumo de 9g de colágeno por dia para indivíduos adultos.

Num processo de cicatrização de feridas crônicas e cirúrgicas, além do cuidado tópico na pele, que deve preferencialmente ser realizado por profissionais capacitados,  o consumo aumentado de  alguns alimentos podem contribuir para acelerar o processo de reparação tecidual, confira na tabela abaixo:

Alimentos que ajudam a pele  cicatrizar mais rápido:

Alimentos Benefício na cicatrização
Alimentos ricos em Proteínas Carne magra, ovo, peixes, soja, aveia,  leite e derivados Ajudam na formação de tecido que vai ser necessário para fechar a ferida.
Alimentos ricos em Ômega 3 Sardinha, salmão, atum ou sementes de chia e linhaça Reduzem a inflamação facilitando a cicatrização.
Alimentos ricos em Selênio Castanha do pará, farinha de trigo, gema de ovo Potente antioxidante, reduzindo a peroxidação celular, sua ação acelera a cicatrização de feridas
Alimentos ricos em Zinco Ostras, carnes de boi, frango, amêndoas Estimula a síntese de células para os tecidos , a  granulação  da ferida, e proliferação da derme
Alimentos ricos em Vitamina C Laranja, morango, abacaxi ou kiwi, etc… Importante na nutrição celular para formação do colágeno na pele.
Alimentos ricos em Vitamina K Fígado, óleos vegetais, vegetais verde escuro ( couve, espinafre etc.) Estimulam  coagulação parando a hemorragia e facilitando a cicatrização.
Alimentos ricos em Ferro Fígado, gema de ovo, grão-de-bico, ervilha ou lentilha Ajuda a manter as células do sangue saudáveis, que são importantes para levar os nutrientes ao local da ferida.
Alimentos ricos em Vitamina E Sementes de girassol, avelã ou amendoim Melhora a qualidade da pele formada.
Alimentos ricos em Vitamina A Fígado, gema de ovo, brócolis, espinafre, cenoura São bons para evitar a inflamação da pele.

Fonte: Depto Técnico – Humalin

O ArgRepair é o suplemento a base colágeno hidrolisado , vitaminas e minerais , para ser usado como adjuvante alimentar no processo de cicatrização de feridas crônicas e cirúrgicas, de forma prática e versáril.

Saiba mais em:

Comments are closed.